quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Acidente no Itaquerão e Copa do Mundo

Acidente grave no Itaquerão e Andrés Sanches mandou seus leões de chácara tomarem celular de repórter da Folha de São Paulo que registrava uma discussão envolvendo este tipo de gente que tomou conta da Copa do Mundo no Brasil.
Obras apressadas, tudo pelo bilhões de reais envolvidos. Tinha patrocinador disposto a pagar R$ 500 milhões só para ter seu nome no estádio por um período, só não tinha responsabilidade.
Agora começam as caças as bruxas, as perícias, os embargos e os bastidores, afinal, quem manda aqui é a FIFA!

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Município e Estado terão que interditar e reformar as pontes, Metálica e Royal.

Numa ação movida pelo Ministério Público a Prefeitura de Barra do Piraí e Governo do Estado foram condenados pela Justiça e agora terão que executar pesadas obras de recuperação nas pontes Getúlio Vargas (metálica - municipal) e Irmãos Di Biase (Royal - estadual), duas das três rotas entre às margens esquerda e direita do Rio Paraíba do Sul, que servem como importante ligação entre a BR-393 e a RJ-145.
Com a decisão as duas pontes serão interditadas para veículos com mais de dois eixos, que serão desviados para o Centro da cidade seguindo pela Rua Assis Ribeiro até a nova ponte sobre o Rio Paraíba do Sul, inaugurada, recentemente, entre os bairros do Cantão e Campo Bom.
Como a Assis Ribeiro se encontra completamente esburacada, a Prefeitura procura meios para viabilizar uma operação tapa buracos, que deverá durar pouco tempo, já que a rua será destinada aos veículos com mais de dois eixos, que provocam o chamado trânsito pesado.
Serão proibidos os estacionamentos ao longo da Rua Assis Ribeiro, gerando, certamente, protestos efusivos entre moradores.
A Rua Cristiano Ottoni, que passa por obras, não poderá servir de via para veículos pesados impedidos de passar sob o viaduto que dá acesso aos bairros do Areal, Boa Sorte e Cantão pela Rua Assis Ribeiro.
Um projeto de mobilidade urbana está sendo estudado pela MRS Logística S/A, que deverá apresentá-lo a Prefeitura de Barra do Piraí ainda este ano, com absoluta certeza, favorecendo a passagem de suas composições nos três ramais que cortam a cidade.
Já a Prefeitura garante que chamará a população para discutir o novo projeto.
No  ano de 2000 o Movimento Viva Barra, liderado à época pelo atual prefeito Jorge Babo (PPS), denunciou e a pedido do MP a Justiça interditou as duas pontes causando o maior transtorno de mobilidade urbana vivido pelo povo de Barra do Piraí.
Com as interdições vieram às reformas e logo surgiram as denúncias de superfaturamento nas obras de recuperação das duas pontes realizadas pelo governo estadual, na época sob o comando de Anthony Garotinho. Funcionários da empreiteira que realizavam as reformas foram até a Associação Comercial e Empresarial de Barra do Piraí (ACEBP) e contaram como eram feitos os desvios de materiais e verbas. A ação saiu do MP local e foi para o Rio, de onde nunca mais se teve notícias sobre ela. Pelo visto as obras de recuperação não serviram para nada, já que novas deverão ser executadas 13 anos depois.

Sei não, estou prevendo tempos difíceis no trânsito em Barra do Piraí.