segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Polêmica, incoerências e ameaças no caso quentinhas da Santa Casa de Barra do Piraí



Após a publicação “O obscuro fornecimento de quentinhas para a Santa Casa”, onde foi revelado por este blog na sexta-feira (18/08), que uma das coordenadoras do projeto Rolezinho Cultural, Rosilane Silveira da Silva, está fornecendo as quentinhas em uma cozinha irregular sobre o imóvel da Padaria Gavi, que fica localizada no bairro da Muqueca, bem em frente à Rua Carlos de Queiroz, o Secretário Municipal de Saúde e interventor da Santa Casa de Barra do Piraí, Juberto Júnior, divulgou nota de esclarecimento na página do Facebook chamada de Jornal Nossa Região.

Abaixo, a reprodução da nota.



AS INCOERÊNCIAS DE JUBERTO JÚNIOR

No esclarecimento, Juberto Júnior, afirmou, que o valor da quentinha é de R$ 6,50 e que o fornecimento é realizado pelo Restaurante Xalé Grill.

O Secretário Municipal de Saúde não citou a cozinha sem licença para funcionar sob a responsabilidade de Rosilane Silveira da Silva, que segundo Samir Anchite, proprietário do Xalé Grill, foi responsável pelo contato inicial com Juberto Júnior para o fornecimento das quentinhas.

Samir Anchite, que revelou desconhecer a estrutura da cozinha de Rosilane Silveira da Silva, tratada por ele como parceira sem contrato e sem vínculo trabalhista com o Xalé Gril, afirmou, também, que o valor da quentinha é de R$ 7.




NOTA FISCAL DIVULGADA PELO VEREADOR NÃO POSSUI REGISTRO NA SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA

No desabafo publicado em sua página no Facebook na sexta-feira (18/08), o vereador Anderson Tegão divulgou duas notas fiscais (Restaurante Xalé Grill Eireli EPP – R$ 29.708,00 e Yasmin da Silva Cabral – R$ 11.354,00), como provas cabais de que o fornecimento de quentinhas é um serviço prestado pelo empresário Samir Anchite.

CNPJ Restaurante Xalé Grill Eireli EPP

CNPJ Yasmin da Silva Cabral


Como o CNPJ Restaurante Xalé Grill Eireli EPP está impossibilitado de obter certidões negativas de débito, acredita-se, que o mesmo não está habilitado para fornecer quentinhas para um hospital sob administração pública, que recebe mensalmente R$ 1,212 milhão em verbas públicas.

Já a nota fiscal da empresa Yasmin da Silva Cabral não foi encontrada nas pesquisas realizadas pelo Blog do Jeff Castro.

A hipótese mais leve e aceitável é de que a nota fiscal tenha sido cancelada pela empresa emissora.

Vejam abaixo:

Nota Fiscal - CNPJ Restaurante Xalé Grill Eireli EPP
Nota Fiscal CNPJ Yasmin da Silva Cabral
PESQUISAS sobre a Nota Fiscal da empresa Yasmin da Silva Cabral

REAÇÕES POLÍTICAS

Assim que eu recebi a informação sobre a cozinha instalada no imóvel da família do vereador Anderson Tegão, fiz contato com ele pela caixa de mensagens do Facebook.

Em resposta, Anderson Tegão, revelou, que Rosilane Silveira da Silva é amiga de sua mãe Billy Ribeiro; confirmou, que a cozinha funciona no imóvel de sua família; titubeando, apenas, quando disse “achar” que o imóvel tinha sido alugado para a coordenadora do projeto Rolezinho Cultural, que ele tratou como terceirizada pelo Restaurante Xalé Grill.



Na manhã de sábado, novamente pela caixa de mensagens do Facebook, o vereador Anderson Tegão fez contato pedindo um bate papo comigo, já que ele tinha contatado seus advogados e esperava uma retratação pela publicidade com o seu nome.



Talvez, Anderson Tegão, ainda não tenha entendido, que, como vereador e homem público, possui o dever de fiscalizar a aplicação de verbas públicas, que neste caso estão sendo direcionadas para uma cozinha sem licença de funcionamento, que foi instalada no imóvel de sua família, supostamente, como terceirizada sem contrato e vínculo empregatício com uma empresa não habilitada para receber verbas públicas.

VÍDEO DE BILLY RIBEIRO

Na tarde de sábado, Billy Ribeiro, mãe do vereador Anderson Tegão, publicou vídeo em sua página do Facebook, esclarecendo, que, como possui cinco imóveis sobre a Padaria Gavi, no bairro da Muqueca, cedeu dois para sua amiga Rosilane Silveira da Silva cozinhar, embalar e distribuir as quentinhas fornecidas para a Santa Casa de Barra do Piraí.

Billy Ribeiro, afirmou, que tudo não passa de armação política para frear o trabalho do vereador Anderson Tegão, ameaçando, também com processo judicial, a publicação das fotografias na primeira matéria deste blog, que comprovaram a localização da cozinha clandestina fornecedora de quentinhas para a Santa Casa de Barra do Piraí.

Vídeo reproduzido abaixo.

video


COMO AGIRÃO OS VEREADORES DE BARRA DO PIRAÍ?

Na noite de quinta-feira (17/08), a página do Facebook chamada de Jornal Nossa Região, publicou texto, afirmando, que o vereador Anderson Tegão deveria abrir um processo no Ministério Público(?) e pedir apuração no Conselho de Ética da Câmara de Vereadores contra o vereador Pedrinho ADL, que, segundo o autor da página, teria divulgado, irresponsavelmente – grifo meu, denúncia sobre o fornecimento de quentinhas para a Santa Casa de Barra do Piraí.







sexta-feira, 18 de agosto de 2017

O obscuro fornecimento de quentinhas para a Santa Casa



No dia 2 de junho eu publiquei matéria neste blog com a proprietária e a gerente da Pensão da Tia Ju, respectivamente, Juliene e Aline.

Em entrevista, Juliene e Aline, revelaram, que a empresa tinha sido indicada pelo prefeito Mário Esteves como fornecedora de quentinhas para a Casa de Saúde Santa Rita de Cássia, a Santa Casa de Barra do Piraí.

As representantes da Pensão da Tia Ju, revelaram, também, que os interventores Juberto Júnior e Iury Costa, nomeados pelo prefeito Mario Esteves, não fizeram qualquer tipo de contrato para o fornecimento e, pior, arquitetaram uma grande armação para retirar a pensão da Tia Ju do fornecimento de quentinhas, que durou menos de um mês.

O MANTO DA INVISIBILIDADE SOBRE A FORNECEDORA SUBSTITUTA



No mesmo dia em que a Pensão da Tia Ju foi retirada da Santa Casa por Juberto Júnior e Iury Costa, uma nova fornecedora foi contratada sob um manto de invisibilidade, que se manteve até ontem (17/08), quando eu descobri, que uma das coordenadoras do projeto Rolezinho Cultural, Rosilane Silveira da Silva FOTO, estava fornecendo as quentinhas.

PUBLICAÇÃO NO FACEBOOK CHAMOU MINHA ATENÇÃO


Tudo começou quando o vereador Anderson Ribeiro Tegão publicou ontem (17/08) em sua página do Facebook, o desabafo COMEÇOU A COVARDIA. Na publicação, reproduzida acima, o vereador Tegão avisa que adotará medidas judiciais para punir quem está divulgando a denúncia anônima enviada ao vereador Pedrinho ADL, com a informação de que o vereador e sua família, estão, supostamente, fornecendo quentinhas para a Santa Casa.

REVELANDO A NOVA FORNECEDORA.



Logo após o desabafo do vereador Anderson Tegão, fiz a publicação acima, também no Facebook, para tentar saber o porquê de tanto mistério e confusão no fornecimento de quentinhas para a Santa Casa.

Imediatamente eu recebi uma mensagem pelo aplicativo Whatsapp, revelando, que o nome era Rosilane Silveira da Silva. Segundo a mesma fonte, a sede da nova fornecedora ficava sobre a Padaria Gavi, que pertence à família do vereador Tegão e fica localizada bem em frente à Rua Carlos de Queiroz, no bairro da Muqueca.

CONTATO COM O VEREADOR TEGÃO

Através da caixa de mensagem do Facebook eu perguntei ao vereador Anderson Tegão: se ele conhecia Rosilane Silveira da Silva? Se ele sabia que ela fornecia quentinhas para a Santa Casa? Se ele sabia informar se a nova fornecedora possuía empresa constituída? E se a sua família tinha alugado o imóvel sobre a Padaria Gavi para Rosilane Silveira da Silva?

O vereador Tegão, respondeu, que Rosilane era amiga de sua mãe Billy Ribeiro. Que a nova fornecedora era terceirizada pelo Restaurante Xalé Grill, que pertence ao empresário Samir Anchite.

Sobre o imóvel em frente à Rua Carlos de Queiroz, o vereador titubeou: “acho que alugou sim”.

CONTATO COM O EMPRESÁRIO SAMIR ANCHITE

Samir Anchite, proprietário do Restaurante Xalé Grill, revelou, que Rosilane Silveira da Silva foi responsável pelo contato inicial com Juberto Júnior sobre o fornecimento das quentinhas para a Santa Casa.

Segundo o empresário, Rosilani participou das ações que detectaram vários problemas no fornecimento realizado pela Pensão da Tia Ju, dentre eles “comida azeda”.

Com a indicação de Rosilani, que já tinha trabalhado no Xalé Grill como cozinheira, Juberto Júnior, interventor da Santa Casa recentemente nomeado Secretário Municipal de Saúde, foi até o seu restaurante para saber se existia o interesse em assumir o serviço.

Então, Samir Anchite, explicou para Juberto Júnior, que sua cozinha estava em reforma para atender pedidos da vigilância sanitária e que assim ficou acertado a utilização da cozinha no imóvel sobre a Padaria Gavi em parceria com Rosilane Silveira da Silva, que não possui contrato ou vínculo empregatício com o Restaurante Xalé Grill.

MANHÃ DE HOJE, SEXTA-FEIRA, DIA 18 DE AGOSTO



Por volta das 11h, vários rapazes desceram da cozinha sobre a Padaria Gavi com as quentinhas da Santa Casa, que foram transportadas no Monza (cor preta - Placa KTU-8590) e no Pálio (cor prata - Placa LNZ-2565).


Os dois veículos estacionaram no pátio da Santa Casa e os rapazes fizeram as entregas das quentinhas.

FOTOGRAFIAS REPRODUZIDAS DAS PÁGINAS DO FACEBOOK.

O estreito relacionamento entre o vereador Anderson Tegão, sua mãe Billy Ribeiro e Rosilani Silveira da Silva, poderá ser verificado nas fotografias reproduzidas de suas página no Facebook.


O vereador Anderson Tegão, sua mãe Billy Ribeiro e Rosilani Silveira da Silva



A coordenadora do Rolezinho Cultural, Rosilani Silveira da Silva, e Billy Ribeiro, que também participa do projeto, possuem bons relacionamentos com o Secretário Municipal de Turismo, Orlando Pimentel, e com o Diretor de Turismo, Luiz Zappa.


O prefeito Mário Esteves publicou em sua página no Facebook o sucesso do projeto Rolezinho Cultural, que ele assistiu ao lado do vereador Anderson Tegão e sua mãe Billy Ribeiro no início deste mês.

VEREADOR FAZ NOVO DESABAFO NO FACEBOOK NA MANHÃ DE HOJE


Ressaltando, que os contratos de gaveta e pagamentos estão sendo realizados por um hospital sob intervenção da Prefeitura de Barra do Piraí, que recebe mensalmente R$ 1,212 milhão em verbas públicas.

Todos os citados nesta publicação, podem e devem, a qualquer momento, publicar suas informações sobre os fatos relatados nesta matéria, que será atualizada caso seja necessário.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

O Castramóvel e a estranha rede de empresas e igrejas

A proprietária da Marvin Locadora de Veículos Eireli - ME, que alugou por R$ 180 mil/ano o Castramóvel para a Prefeitura de Barra do Piraí, se chama Viviane Aparecida Soares de Oliveira, que também é sócia de Tatiane Soares de Oliveira em outra empresa, a Obra Prima Armários de Cozinha, Quarto e Banho Ltda.
Vejam que Tatiane Soares de Oliveira é sócia em mais 12 empresas.
Investigando o CNPJ de somente uma empresa, a Dental Care Oeste Comércio de Produtos Odontológicos Ltda - ME, chegamos ao sócio Edson Luiz dos Santos.
Investigando o sócio Edson Luiz dos Santos, ficaremos sabendo que o empresário também é sócio em dezenas empresas, dentre elas algumas igrejas evangélicas e a Correa Santos Engenharia e Construções Eireli - ME.



Numa rápida investigação ficamos sabendo que o megaempresário Edson Luiz dos Santos é sócio na Dental Care Oeste Comércio de Produtos Odontológicos Ltda - ME ao lado de Tatiane Soares de Oliveira, que por sua vez é sócia na Obra Prima Armários de Cozinha, Quarto e Banho Ltda ao lado de Viviane Aparecida Soares de Oliveira, a proprietária da Marvin Locadora de Veículos Eireli - ME, que alugou o ônibus castramóvel para a Prefeitura de Barra do Piraí.
Tudo muito suspeito e estranho.